Se for dado um prazo, é importante observar se a concessão será renovada automaticamente e em que termos.

Os proprietários costumam ter a opção de não renovar um
arrendamento, mas nos municípios com controle de aluguel essa
flexibilidade pode não estar disponível. Em áreas com controle de
aluguel, geralmente não é permitido ao locatário despejar o inquilino, a
menos que haja justa causa, como não pagar o aluguel ou violar os
termos do arrendamento. Um contrato de arrendamento não precisa
apenas especificar o valor do aluguel a ser pago todos os meses, mas
também onde o aluguel deve ser depositado e como. “Alguns
proprietários dizem aos inquilinos que eles querem que eles vão ao
banco e fazem um depósito direto, alguns querem um pagamento
eletrônico, alguns querem um cheque administrativo e outros querem
que eles enviem um cheque”, diz Hertzog.
http://www.lealimoveispp.com.br/imovel/?tipo=casa&finalidade=locacao&cidade=Presidente-Prudente
Também deve ser estipulada uma data de vencimento do aluguel,
bem como o valor de quaisquer taxas de atraso aplicáveis. Além
disso, especifique a taxa que será cobrada pelos cheques devolvidos,
observa Tracey Benson, presidente da NAIL. O valor do depósito de
segurança também deve ser indicado. Benson observa que o valor
cobrado por esses itens pode ter limites com base nas leis locais,
portanto, os proprietários devem consultar as agências municipais
competentes.